Pesquisar na web

APROVEITE!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Doenças ligadas ao envelhecimento




Dois novos estudos prometem tratamentos contra o envelhecimento
Dois estudos divulgados nesta semana prometem avanços contra doenças ligadas ao envelhecimento. O primeiro, feito no Reino Unido, foi realizado por cientistas que procuravam uma cura para uma doença infantil fatal. O segundo, nos Estados Unidos, descobriu um grupo de células que pode desacelerar o aparecimento de enfermidades como a catarata.
O estudo britânico foi feito na Universidade de Durham com crianças vítimas de progeria, uma doença que as faz envelhecer até oito vezes mais rápido. O grupo liderado por Chris Hutchinson desenvolveu um tratamento combinando um remédio já existente com suplementos alimentares.
Segundo Hutchinson, ainda é cedo para saber com certeza, mas os resultados apresentados na revista Human Molecular Genetics podem indicar, no futuro, novas opções de tratamento para doenças e dores ligadas à idade avançada.saiba mais
Já a pesquisa americana, apresentada nesta quarta-feira (2) na revista Nature, descobriu que a remoção de um grupo específico de células é capaz de adiar o surgimento de doenças do envelhecimento em camundongos.
No nível celular, o envelhecimento é chamado de “senescência”. É quando as células param de se dividir para gerar novas células, trocando as velhas pelas novas. A célula que passa por esse processo é chamada de “senescente”.
Quanto mais velha é uma pessoa, mas células senescentes ela tem. Agora, o grupo da Clínica Mayo, em Nova York, descobriu que eliminar essas células adia o aparecimento de doenças como a catarata.
Por enquanto, esses resultados só são comprovados em camundongos, mas eles podem abrir caminho para novos tratamentos contra o envelhecimento em humanos. (Fonte: G1)por:http://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2011/11/03/76364-dois-novos-estudos-prometem-tratamentos-contra-o-envelhecimento.html