Pesquisar na web

APROVEITE!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

POESIAS


O tempo


De tanto contar as horas
Perdeu-se em meio a um grande deserto
E a vida sua inimiga mortal
Planejava suas artimanhas
Às vezes aproximam-se bem perto
E se dão um beijo fatal
Decifrar tal complexa relação
É missão dos poetas
Pois estes desconhecem
O início e a morte...


SILVA, DIEGO CAMBOIM
(05/05/11)